Redação

Redação

Geração Crescer

12 Dicas para Poupar Mais Dinheiro

Você tem dificuldade em fazer o seu dinheiro sobrar no fim do mês? Então confira agora 12 dicas que irão te ajudar a poupar mais dinheiro!

Organização é o primeiro passo para poupar mais dinheiro

O ponto de partida para conseguir poupar mais dinheiro começa com uma pergunta simples: para onde está indo seu dinheiro?

Portanto, é realmente preciso entender as suas finanças e para que isso seja possível, você precisa se organizar!

Para ajudar nessa tarefa, você pode fazer uma planilha de gastos no Excel para listar e manter o controle dos seus gastos.

Ainda não sabe como utilizar o Excel? Então cadastre-se no curso online e 100% gratuito de Produtividade Digital do Geração Crescer clicando aqui

O curso te ensinará a utilizar as diversas ferramentas da Microsoft que irão te ajudar em seu dia-a-dia pessoal e profissional.

Outro ponto importante: se você divide suas contas de casa com outra pessoa, é essencial que o assunto dinheiro seja comentado frequentemente.

De nada adianta você controlar os seus gastos enquanto a outra pessoa não tem o mesmo controle e transparência.

O trabalho de poupar mais dinheiro é responsabilidade de todos os membros da sua família, portanto, sejam transparentes e foquem nos objetivos juntos!

poupar mais dinheiro

Ganhar mais Dinheiro para Poupar mais Dinheiro

Parece óbvio, e é mesmo: se a sua renda não é compatível com os seus gastos mais básicos, então talvez seja a hora de você começar a pensar em como ganhar mais!

O aumento da sua renda não precisa passar necessariamente por um pedido de aumento de salário no seu trabalho.

Há diversas formas de se buscar fontes alternativas de renda.

Você pode fazer trabalhos temporários e até transformar seu hobby como cozinhar ou pintar em um micro negócio.

O importante é que você seja criativo, não desista e entenda que qualquer renda extra é benéfica!

3 Passos para Poupar mais Dinheiro

Agora que você já sabe os princípios para conseguir poupar mais dinheiro, vamos dividir as nossas 12 dicas em 3 passos:

Passo 1: Definindo as prioridades do seu dinheiro

Neste primeiro passo, nós iremos definir as suas prioridades financeiras. Obviamente que as suas contas básicas, como aluguel, luz e água, devem ser mantidas em dia.

Porém, além disso, é necessário definir a prioridade financeira com o valor mensal que fica disponível ao longo do mês.

Dica 1: Se você tem dívidas, foque em acabar com elas:

Se você está endividado, quitar suas dívidas deverá ser a sua maior prioridade financeira.

Se possível, procure juntar dinheiro suficiente para quitar suas dívidas a vista, com isso, você conseguirá um bom desconto nos juros.

Caso contrário, busque uma negociação de parcelamento que caiba no seu bolso.

Independentemente do caminho que você escolha, é importante que seu objetivo principal seja a quitação dessas dívidas para que você possa, de fato, conseguir poupar mais dinheiro.

Dica 2: Inicie o hábito de poupar dinheiro

Mesmo que você esteja endividado, é importantíssimo que você crie o hábito de poupar.

Muitas vezes, deixamos de poupar por acharmos que pequenos valores como R$5 ou R$10 não farão uma grande diferença.

A verdade é que tudo tem um começo, portanto, não se incomode por começar devagar. O ato de poupar dinheiro também deverá ser uma da suas prioridades financeiras, mesmo que iniciando aos pouquinhos.

Passo 2: Revendo seus gastos essenciais

Agora que temos as nossas prioridades bem definidas, é momento de iniciar uma revisão em nossos gastos e compreender onde podemos, de fato, melhorar.

Dica 3: Considere o ato de poupar dinheiro como um de seus gastos

Normalmente, temos a ideia de primeiramente pagar todas as nossas contas e despesas e, apenas ao final do mês, poupar o valor que sobrou.

Para que você de fato consiga poupar mais dinheiro, é necessário encarar o valor poupado como uma conta fixa comum, que chega todo mês e possui data de vencimento.

Dica 4: Guarde todo o dinheiro extra que você receber

Ao longo do ano, vira e mexe aparece um dinheiro que não estávamos contando, seja o décimo terceiro, uma restituição do imposto de renda ou até mesmo uma dívida antiga que um amigo resolveu pagar.

Quando este dinheiro aparecer, não pense duas vezes: mande diretamente para a sua poupança.

Lembre-se que você deve conseguir manter as suas contas em dia com os valores que você tem certeza que irá receber.

Dica 5: Compre medicamentos genéricos e mais baratos:

Lembre-se que o mais importante na hora de comprar um medicamento é o seu principio ativo.

Há diversas opções de marcas diferentes no mercado para o mesmo medicamento.

Busque sempre o medicamento na versão genérica, pois são mais baratos e farão o mesmo efeito que medicamentos mais caros.

Dica 6: Reveja o seu consumo de energia elétrica

Uma das formas mais fáceis para diminuir o seu gasto mensal é rever seus hábitos de uso de energia elétrica.

Manter a televisão ligada sem necessidade, deixar o ventilador ligado em ambientes em que não se tem ninguém ou esquecer luzes acesas são os campeões de aumento no consumo – e gasto – com energia elétrica.

Reveja seus hábitos e veja a sua conta despencar!

Dica 7: Pesquise bem os preços de supermercado

Ao invés de realizar a compra da semana ou do mês em um único estabelecimento, se possível, procure pesquisar sobre os preços dos produtos em outros supermercados e comércios da região.

Para facilitar, tenha sempre uma lista de compras com tudo aquilo que você de fato precisa durante o mês.

Converse com amigos que moram no mesmo bairro que você e peça dicas sobre promoções.

Acompanhe também os comércios da região nas redes sociais: é uma ótima forma de ficar sabendo de promoções específicas que podem te ajudar bastante no momento de poupar mais dinheiro.

Passo 3: Diminuindo seus gastos gerais

Agora que você já reviu os seus gastos essenciais e sabe onde você pode procurar diminui-los, vamos ao terceiro e último passo: como você pode mudar o seu comportamento de gastos.

Dica 8: Elimine o hábito de comprar algo como recompensa

Tudo bem que, vez ou outra, a gente acaba achando que merecemos um mimo por todo o esforço e dedicação que tivemos no trabalho.

Porém, na maior parte das vezes, esse hábito pode acabar consumindo parte do valor que deveria ser poupado.

Portanto, sempre pense se realmente é necessária aquela compra “de luxo” durante o mês. Porém, se você realmente quer se dar um presente, procure focar em experiências ao invés de produtos.

Memórias e momentos vividos são muito mais especiais do que apenas comprar algo que, em breve, perderá o valor.

Dica 9: Ao invés de comprar novo, faça um orçamento para consertar

Seja no fogão que parou de funcionar ou em uma roupa que você gostava muito, mas não serve mais, ao invés de procurar comprar um novo, procure fazer orçamentos para conserto; muitas vezes o valor pode sair muito mais baixo.

Caso você realmente veja a necessidade de comprar algo novo, procure também tentar vender aquilo que não funciona mais.

Existem diversas empresas que compram eletrodomésticos e produtos com defeito para conserto e revenda.

Dica 10: Foque em pequenos prazeres

Como dito anteriormente, passeios e atividades mais simples podem ser muito mais recompensadores do que se presentear com produtos ou frequentar lugares caros.

Com o crescimento das redes sociais, muitas vezes nós nos achamos na obrigação de frequentar determinados lugares pois vemos as pessoas nas redes sociais os frequentando.

Não entre nessa! Sempre faça as coisas para que você se sinta bem e não para os outros verem!

Dica 11: Use Cupons de Desconto

Existe uma grande variedade de sites pela internet que fornecem cupons de desconto para vários produtos e serviços.

É muito comum esses sites disponibilizarem cupons para primeira compra, portanto, fique sempre de olho nas ofertas e promoções.

Uma dica é manter uma lista de produtos que você precisa comprar e, periodicamente, visitar os sites das lojas e comprar estes produtos apenas quando eles entrarem em promoção ou liquidação.

No geral, a regra é: pesquise, pesquise e pesquise.

Dica 12: Não é não:

Seja fiel ao seu planejamento e aos seus objetivos: se você abriu mão de sair aos fins de semana para conseguir poupar mais dinheiro, seja firme ao negar convites de amigos e familiares para programas caros.

Lembre-se: você está fazendo sacrifícios pensando no seu futuro e apenas você será responsável pelas suas decisões de hoje.

Gostou deste conteúdo? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Siga a Gente nas Redes Sociais!

Cursos 100% Gratuitos e Indicação para Vagas de Emprego!